production de films
 

produção Aktis

 

 

Filmes, obras em curso e projectos em desenvolvimento nos registos documentais e de ficção produzidos pela AKTIS Films.


Projectos que reúnem parceiros de outras áreas podem ser produzidos por nossa iniciativa (por exemplo, formação profissional pela AKTIS Digital).

filmes e produções

DE LADO (PRODUÇÃO EM CURSO)
documentário / sociedade, agricultura, ambiente / 90 minutos / Jean SAMOUILLAN
Nos Pirenéus Ariège, o povo García vive da sua criação de caprinos desde o movimento comunitário dos anos 70. Actualmente, transformaram uma vasta área de terrenos baldios num ecossistema que os sustenta e aos seus animais. Com uma vasta experiência, recebem jovens que desejam praticar este tipo de agricultura. Estes jovens estão a tornar-se independentes e estão a regressar à tradição do Verão, mas a sua visão da pastorícia leva-os a entrar em conflito com uma administração minuciosa e prescritiva. Eles lutam e adaptam-se sem perder o seu projecto de vida, que está muito afastado da agro-indústria.

O CASAMENTO DO DEFUNTO (PRODUÇÃO EM CURSO)
ficção / longa-metragem / 100 minutos / co-produção. SC Gheorghita / Cornel GHEORGHITA
Uma equipa de televisão francesa instalou-se no albergue de uma pequena aldeia na Roménia para filmar uma trilogia documental sobre a sobrevivência das tradições durante os baptismos, casamentos e funerais. Se o tiroteio dos primeiros sujeitos não for muito difícil, é diferente para o último: ninguém decide morrer. A equipa opta então por organizar um funeral, envolvendo no seu jogo macabro alguns aldeões muito supersticiosos.

SANTA-MARIA DAS AVES
documentário / animal - agricultura / 50 minutos / Roger LEGUEN - Sylvain LUINI
Uma ilha tão grande como a Suíça... no Brasil, logo abaixo do equador, onde a Amazônia encontra o oceano, ventos e chuvas. A combinação destes elementos concentra uma multiplicidade de formas de vida.
A época das chuvas está a chegar ao fim e a fazenda Santa-Maria, ainda mais do que em anos anteriores, é o lar de milhares de aves.
Os ibis vermelhos, noutros locais caçados pelas suas penas brilhantes, esfregam aqui os ombros com colheres cor-de-rosa, garças de coco, cegonhas de tântalo, garças nevadas, garças-nocturnas grandes ou azuis, cinzentas ou arroxeadas...
A par da vida deste santuário, a vida dos homens da fazenda flui pacificamente, pontuada pelo trabalho com os búfalos, a pesca no ciclo das marés, a caça e a tão "tradicional" recolha das bagas do açaí.

TIVE A OPORTUNIDADE DE SER PASTOR
documentário / montanha - agricultura / 26 minutos / Gilles RIVIERE
Tanto um retrato íntimo como um relatório aprofundado que nos permite descobrir uma profissão a partir do interior. No final, esta profissão é bastante desconhecida, quanto mais não seja devido à imagem bucólica que a precede.
Se as imagens das montanhas prestam homenagem a estes espaços majestosos, prevalece a autenticidade, testemunhando a humildade sábia que anima o anfitrião do lugar. A relação do nosso pastor com o ambiente sublime mas potencialmente hostil, com a solidão, bem como com as ovelhas que ele cuida e cuida, é feita com um rigor que valeu a este filme o reconhecimento unânime dos seus pares. As questões tratadas, simples e imediatas, são as que nos assaltam quando pensamos na vida, na vida quotidiana do pastor nas montanhas, com o seu rebanho e o seu cão como seus companheiros. O nosso pastor responde-lhes com uma simplicidade luminosa e comovente.
(Grande Prémio atribuído por unanimidade pelo júri do Festival de Cinema "Pastoralismo e Grandes Espaços")

TODOS!
documentário / empresa / 27 e 52 minutos / Alain MIQUEL - Françis BELOT
A implementação de um projecto de prevenção da toxicodependência e da delinquência é uma oportunidade para acompanhar e ouvir os jovens nos subúrbios de Toulouse. Um grupo forma uma tripulação para embarcar numa barcaça, esquecendo durante oito dias, a moagem diária... no Canal du Midi. Longe das escadas do Mirail, nesta zona fechada ao longo da água, à noite, vão os fusíveis explodir? Mais tarde, sob a mesma luz, escutámos os nossos bargemmen, o seu educador do momento, depois pedimos à Magyd - da Toulouse Zebda's - que comentasse este universo "sem arranjo" onde todos, para passar, têm de encontrar as regras do "eu".
Outro orador convidado foi Claude Olievenstein - autor do famoso best-seller "Il n'y a pas de drogués heureux" (Não há toxicodependentes felizes). Informado sobre o projecto, partilha a sua experiência connosco à guisa de conclusão.

HAYDN, JANACEK, LIGETI BY MUSICATREIZE
documentário / música / 52 minutos 16/9 stereo / Michel DIEUZAIDE
Alternando entre o trabalho de ensaio do conjunto vocal contemporâneo "Musicatreize" no seu espaço de Marselha e a gravação de vários concertos, este filme traz à atenção do público o indispensável
empenho dos músicos e do maestro em tornar possível o acolhimento de música contemporânea.

DO EXÍLIO À INTEGRAÇÃO
documentário / história - sociedade / 52 minutos / Michel DIEUZAIDE
Este filme narra a aventura de homens e mulheres, republicanos espanhóis que, tendo saído de suas casas em 1938 durante o retiro e esperando regressar rapidamente, permaneceram em França, no departamento de fronteira da
Hautes-Pyrénées. (com o apoio do Conseil Général des Hautes-Pyrénées)

OBRIGADO, SR. CORDIER
documentário / arte contemporânea / 52 minutos / Michel DIEUZAIDE
O espectador é levado à lenta e progressiva descoberta desta colecção da exposição restaurando a doação de Daniel Cordier. Exibido no Musée des Abattoirs, exprime um verdadeiro olhar sobre a criação, uma verdadeira paixão pela pintura. A rota desenhada por Alain Mousseigne, director do museu, tem ressonância em obras e abordagens artísticas a priori pouco susceptíveis de serem misturadas, como que para melhor revelar a sua capacidade de viver e questionar o Mundo, para além do tempo em que foram criadas.

PEQUENA SUITE EXÓTICA
reportagem / arte contemporânea / 15 minutos / Michel DIEUZAIDE
DVD bónus: apresentação, com comentário de Daniel Cordier, da segunda exposição no Musée des Abattoirs de objectos do quotidiano de todo o mundo, elevada, pela pátina do tempo, à categoria de obras de arte. A oportunidade de um discurso muito livre sobre a arte e o prazer que a pode ou deve acompanhar.

GAVARNIE: O CIRCO DOS PRAZERES
documentário / montanha - artes / 26 minutos / François MOMMEJA
O Circo de Gavarnie nos Pirinéus Centrais, um "Grande Sítio" regional agora classificado pela UNESCO, atrai um grande número de visitantes, desde o visitante simplesmente curioso até ao amante da montanha experiente.
O sítio de Gavarnie exerce o seu fascínio sobre esta multidão heterogénea. Mas quantas pessoas sabem que, na sua história, o circo tem encantado poetas, pintores, escritores, geógrafos e aventureiros com a sua magia? Propomos-lhe a descoberta de um local excepcional nas pegadas destes artistas.
"E de um mar para o outro, conduz um continente... Um circo, um hipódromo onde Istambul, Tyre, Memphis, Londres, Roma, com os seus milhões de homens, poderia sentar-se, onde Paris flutuaria: Gavarnie, um milagre, um sonho,
o mundo que não é homem e que já não é a coisa". Victor HUGO


OS CAMINHOS DA SOLIDÃO
documentário / literatura / 52 minutos / co-produção Key Light / Bruno AGUILA
Renaud Camus é um escritor não classificável e controverso. Nos seus romances, ensaios, elogios e diários, mantém sempre uma incansável preocupação com o estilo como a expressão máxima do homem. Este filme é um retrato deste autor, a certa altura da sua obra, ilustrado por um dos seus últimos livros "Sete sítios menores para passeios em Lomagne".
Juntamo-nos ao escritor na sua caminhada literária, pedimos-lhe que pare por um momento na pequena saliência desta última obra e falemos do caminho que percorreu.
"Les chemins de la solitude" dá à figura solitária de Renaud Camus a oportunidade de dar um contraponto ao belo tecido da sua escrita.

ARRENOULAT
ficção / curta-metragem / 35 minutos / co-prod.Tandem Films / Laurent BARRES
Estamos no final de 1918, nos Pirenéus. É um banquete entre a família Lapeyre porque eles matam o porco. A família e os amigos estão lá durante dois dias. Apenas Pierre, o filho, permanece de clausura no seu quarto. Atrás das portadas semi-fechadas, ele observa os acontecimentos. Apesar das orações de sua mãe, ele se recusa a sair. Desfigurado por uma ferida de guerra, não se atreve a enfrentar o olhar dos outros. Por isso, desde o seu regresso à frente, ninguém o viu na aldeia, excepto os seus pais. No entanto, no dia do banquete que encerra a festa do porco, Pierre aparece diante de todos os convidados, amarrado no seu uniforme...

CARAMEL
ficção / curta-metragem / 15 minutos / Cathy DAMBEL
CARAMEL promete o cartaz; esse é o título do filme. Uma jovem mulher participa numa campanha publicitária. Ela torna-se o rosto que vive nas paredes: multiplicado, ampliado. Esta imagem pública obscurece a sua companheira e perturba a sua relação amorosa.

REFEIÇÃO NOCTURNA A BEIRA-MAR
ficção / curta-metragem / 6 minutos / Christine PAULY
Génese de uma criação pictórica.
Na descoberta desta pintura de Michèle TEYSSEYRE, a "leitura" de cada elemento da sua composição revela as origens da inspiração e, portanto, da criação da artista.